Pular para o conteúdo principal

ENVOLVER PARA DESENVOLVER

Paz multiplicada!   
Jesus Cristo é o Senhor, e nós somos seus servos!  Ao servo cabe obedecer o que manda o seu Senhor. Jesus Cristo ordenou: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura...”!  Temos que ir, e não há outra opção! A desobediência é pecado e acarreta em graves conseqüências. Antes de comissionar os discípulos, o Senhor os discipulou, orientou, treinou e, inclusive, obteve deles relatório do trabalho realizado! Leia atentamente Lucas 9:1-6 e 10:1-20.
O método dado pelo Senhor Jesus e que veio a ser utilizado com grande êxito pela Igreja do primeiro século, foi o evangelismo porta-à-porta, de casa-em-casa. Leia atentamente Atos dos Apóstolos.

A ênfase no trabalho da Igreja Apostólica estava nos cultos nos lares, não havia templos! E a Igreja crescia a cada dia! Com o passar dos anos, e especialmente a partir do século IV com o Imperador Constantino, é que surgiram os templos... E com o advento dos templos, perdeu-se a ênfase para os cultos familiares.
Cremos que estamos chegando ao tempo do fim, e se assim é, esta geração terá que conseguir o que as outras gerações não conseguiram: - pregar o Evangelho por todo o mundo!
Então perguntamos: - como vamos fazer isto? Qual a melhor forma? Qual o melhor método para ganharmos almas para Cristo neste novo século?
Temos a plena convicção de que a estratégia de Deus para a Igreja do terceiro milênio, é o evangelismo de casa-em-casa, através de grupos pequenos, também denominados de células. Este é o método bíblico, dado pelo Senhor Jesus, utilizado no início da história da Igreja!
Com a onda de violência reinante no mundo, as pessoas vivem assustadas, ressabiadas, enclausuradas! Os edifícios e casas são fortalezas impenetráveis... Como alcança-los?
Somente através de grupos pequenos, formados por pessoas com laços de afetividade... Através de células de evangelismo, podemos penetrar nos edifícios, casas, mansões, fábricas, escritórios, hospitais, e qualquer outro lugar...
A Igreja do Senhor Jesus Cristo tem na UNIDADE uma de suas principais características. A UNIDADE expressa na KOINONIA entre os membros do Corpo foi, inclusive, motivo de fervorosa oração do Mestre querido ao Pai (João 17). Contudo, a Unidade da Igreja passa, necessariamente, pelo envolvimento entre os membros; e, aqui é que se encontra a maior dificuldade para que a Unidade se estabeleça.
Pelo que posso perceber, parece que há uma generalizada aversão pelo envolvimento. Não queremos nos envolver com os outros. Temos receio e, até mesmo, medo de fazê-lo. Vivemos a filosofia do Sacerdote e do Levita da parábola do Bom Samaritano: passamos de largo. (Lucas 10.30-35). “Cada um para si e Deus para todos”. Quero ficar quietinho no meu cantinho enquanto o mundo acontece ao meu derredor. Não me envolvo com ninguém e ninguém mexe comigo. Mas, por que não queremos nos envolver? Porque todo envolvimento tem um preço a ser pago. Porque todo envolvimento implica desgaste, tempo, dedicação, tolerância, paciência, emoção e, às vezes, frustrações. Porque todo envolvimento faz com que a gente se exponha. Contudo, precisamos sim, envolvermo-nos uns com os outros.
Não haverá unidade se não houver envolvimento. Somos membros de um mesmo corpo e os membros entre si, precisam cuidar uns dos outros, proteger uns aos outros, ajudar uns aos outros,...
A despeito de toda e qualquer dificuldade, envolvamo-nos uns com os outros. Envolvamo-nos sem exclusões. Envolvamo-nos com cada um e com todos. Com certeza, o envolvimento produzirá desenvolvimento e crescimento para nossas vidas e para a Igreja.
A VISÃO:    
Fazer de cada lar uma igreja, e de cada crente um discípulo discipulador, para ganhar nossa cidade, nossa nação para Jesus.
“Voltar aos princípios do primeiro século para enfrentar os desafios do último”.  Substituir estruturas que favorecem a acomodação pelas estruturas bíblicas que levam a frutificação!            “Cada lar uma igreja, cada crente um discípulo discipulador”.
O QUE ACONTECE QUANDO NÃO HÁ TRABALHO CELULAR?
Igrejas pequenas.  Pessoas não são pastoreadas como deveriam e gostariam.  As pessoas entram pela porta da frente e saem pela dos fundos.  Pastor carrega o trabalho.  O potencial de liderança não é aproveitado (uns poucos se perpetuam na liderança). Pessoas desmotivadas. A estrutura centralizadora favorece a acomodação. Crescimento lento.  Incapacidade de reprodução. Insatisfação (necessidades individuais não atendidas - falta de oportunidades).

VANTAGENS DE UMA IGREJA COM GRUPOS DE ESTUDO.
Todos serão líderes, ninguém é inativo. Relacionamentos fortalecidos. Cada membro é valorizado. Abre a oportunidade para que todos trabalhem, e não apenas alguns. Poder de evangelismo aumenta, pois se alcança pessoas que não viriam inicialmente à igreja. Outro ponto que facilita o evangelismo é o fato de se estarmos mais próximos das casas das pessoas. Estratégia para enfrentar tempos de perseguição. Através do discipulado o ensino passa por todos os membros da igreja, favorecendo a unidade na fé e na visão.
_________________________________________________________________________________________________________________________________
Comunidade Presbiteriana Videiras
Avenida Felipe dos Santos, 243, Cidade Nobre/ Ipatinga-MG.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reforma Protestante - 31 de outubro

Em 31 de Outubro de 1517, Martinho Lutero afixou na porta da capela de Wittemberg 95 teses que gostaria de discutir com os teólogos católicos, as quais versavam principalmente sobre penitência, indulgências e a salvação pela fé. O evento marca o início da Reforma Protestante, de onde posteriormente veio a Igreja Presbiteriana, e representa um marco e um ponto de partida para a recuperação das sãs doutrinas.  Movido pelo amor e pelo empenho em prol do esclarecimento da verdade discutir-se-á em Wittemberg, sob a presidência do Rev. padre Martinho Lutero, o que segue. Aqueles que não puderem estar presentes para tratarem o assunto verbalmente conosco, o poderão fazer por escrito.  Em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.     1ª Tese Dizendo nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo: Arrependei-vos...., certamente quer que toda a vida dos seus crentes na terra seja contínuo arrependimento.  2ª Tese E esta expressão não pode e não deve ser interpretada como referindo-se ao sacramento da penitên

Participação Indigna na Ceia

by João Calvino Fonte: As Institutas – volume 4, João Calvino, Cultura Cristã, pág. 28-9. Alguns, querendo preparar os homens para a digna participação do sacramento, têm afligido e atormentado cruelmente as pobres consciências, sem todavia lhes ensinarem nada do que é necessário ensinar. Dizem eles que para comer dignamente a Ceia é preciso estar em estado de graça. E interpretam que estar em estado de graça é estar purificado de todo pecado. Por esse ensino, todos os homens que estiveram e estão na terra seriam excluídos do uso deste sacramento. Porque, se é questão de considerarmos a nossa dignidade em nós, significa que esta é feita por nós! Isso só nos pode causar ruína e confusão. Ainda que nos empenhemos com todas as nossas forças, nada conseguiremos, senão que acabaremos sendo mais indignos ainda, isso quando a duras penas lograrmos encontrar alguma dignidade em nós.

Aniversário da Comunidade Presbiteriana Videiras

COMUNIDADE PRESBITERIANA VIDEIRAS Avenida Felipe dos Santos, 243, Cidade   Nobre/ Ipatinga-MG. (031) 3825-4700. 85172884            Aos ama dos         Vimos por meio desta convidar   para   as   festividades que acontecerão na nossa Comunidade durante o   mês de outubro, alusivos aos nossos quatro anos de organização, com o   encerramento especial   para os dias 25 e  26, conforme programação e cartaz acima: